Midia

Matéria Cidades e Soluções | Globo News – 12.12.2016

Como uma plataforma digital vem transformando o mercado de reaproveitamento no país?

B2Blue.com – Plataforma na internet redireciona os restos de produção da indústria para quem precisa deles. Hoje mais de 400 mil usuários e 13.700 empresas estão cadastradas no site. Em São Paulo, por exemplo, uma fábrica que produzia 40 toneladas de resíduos, passou a reutilizar 60% do que ia para o lixo e ainda ganhar dinheiro com isso.

Apresentamos clientes e parceiros inspiradores que utilizam a nossa plataforma digital para inovar os mais diversos resíduos no mercado !

 

G1: Preocupação com descarte correto de resíduos sólidos aumenta no Brasil. Municípios e empresas estão começando a entender a importância de investir em sustentabilidade.

Planeta Sustentável: Lixo é vendido como matéria-prima na internet. Indústrias e escritórios de qualquer atividade podem anunciar a venda de seu “lixo” e negociar compra e transporte com outras empresas que buscam matéria-prima para sua produção. A negociação e o pagamento são feitos online, por meio da plataforma.

Estadão PME: Para dar rumo à carreira, Mayura idealizou o site B2Blue – plataforma online para comercializar resíduos sólidos. Foi com esse projeto que ela venceu, em 2012, uma competição universitária de empresas em estágio inicial, o ESPM Startup Challenge.

Diário de S.Paulo: Resíduos são negociados na rede de computadores. A plataforma ainda disponibiliza prestadores de serviços qualificados e recomendados facilitando a melhor destinação de resíduos sólidos.

Jornal Valor Econômico: O modelo deve decolar com a crescente necessidade que as empresas encontram de dar destinação adequada aos seus descartes, exigência da política nacional de resíduos sólidos.

Jornal da Tarde: Um site que faz ponte entre empresas produtoras de resíduos e empresas interessadas em reciclar esse lixo. Mais que a vitória (no ESPM Startup Challenge), Mayura conquistou o interesse de endinheirados que acreditam em sua proposta.

Jornal A Crítica de Manaus: O projeto, a startup B2blue, atraiu a atenção de investidores e obrigou Mayura a encarar uma difícil tarefa: encontrar sócios compatíveis.

Exame 45 anos – Edição Especial: B2Blue.com reconhecida como uma das 45 empresas novatas que já fizeram diferença nas áreas em que atuam, levando o empreendedorismo ao pé da letra, colocando em prática ideias fora da caixa que mudaram o panorama de sua área.

Empreendedorismo UOL: Confecção lucra com venda de retalhos

Revista PEGN: Percebeu um novo nicho e mudou seu foco: fez um site em que empresas negociam o que vai para o lixo com parceiros interessados em usá-los como matéria prima.



⇑ Topo